Seven Seas

Seven Seas RPG, uma Terra em um universo paralelo no século XVII, a era de ouro da pirataria. Aventuras de capa e espada, batalhas navais e um mundo inteiro pra descobrir e explorar o aguardam.

Fale Conosco

Procurados
Procurados Seven Seas

Últimos assuntos
» [Aventura] Tudo tem seu preço... A ser pago.
Qua 09 Maio 2018, 23:04 por Delara

» [Aventura] Um novo começo
Qua 09 Maio 2018, 22:49 por Francis Mc'Dowell

» [Evento] Chegada ao deserto
Qua 02 Maio 2018, 09:45 por Hiruma

» [Aventura] A Escola de Feitiçaria Francis para Piratas.
Ter 10 Abr 2018, 13:11 por Francis Mc'Dowell

» [Ficha] Anne Bonny - Anne Bonny
Sex 06 Abr 2018, 08:07 por Teach

» O Barco Escravista
Qua 04 Abr 2018, 22:12 por Apolo

» [Tripulação] Bad Company
Ter 03 Abr 2018, 09:09 por Teach

» [Evento] Delegação de Persis
Sab 31 Mar 2018, 15:20 por Hiruma

» [Aventura] O Dia Eterno
Seg 26 Mar 2018, 17:21 por Zesh

Prêmios do Mês
Hiruma
Narrador
Eponine
Herói
Missão
Francis
Interpretação
Kristopher
Vilania
Staff Online

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Por favor, faça o login para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

em Seg 05 Mar 2018, 09:19

Edward e Kristopher caminhavam pelas areias do deserto, cada um em um camelo junto com 3 outras pessoas da tribo do Camelo.
Os três falavam em Teano antigo, o suficiente para valer o que pagaram enquanto andavam pelo deserto em busca do que procuravam.


Os al-Jamal serviam como guias por lá, mostrando o caminho e indicando onde ir e onde não ir no deserto, assim como onde há oásis e poços que poderiam tirar água durante o caminho. Kristopher tinha o diário, mas algumas informações ainda faltavam, por onde eles começariam a procurar naquele vasto deserto?



@The Medic e @GN0G postem aqui para continuar no evento.

Ver perfil do usuário

em Qua 07 Mar 2018, 11:38

Sentado no camelo, Kristopher estava sem seu colete e sua gravata, estava usando apenas sua calça e camisa devido ao calor intenso do deserto.
Sua maleta repousava em seu colo, o diário estava dentro dela apenas por segurança já que ele já tinha decorado as partes importantes das passagens de Rashid. Não fazia a mínima de por onde começar, enquanto andava ele ia perguntando e comentando indiretamente sobre as passagens.

- Asif, existe algum perigo mais para o meio do deserto? Em dezenas de livros existem contos sobre gênios que vivem em oásis.

Relembrava-se sobre algo grande surgir das areias perto de um oásis, e criar um buraco que levava para uma caverna, iria esperar o guia Asif responder para que prosseguisse com uma outra pergunta.

O calor impetuoso daquele local fazia com que suas roupas ficassem encharcadas de suor, se não fosse pela promessa de um possível tesouro, ele adoraria passar longos e bons minutos em uma banheira...
Fechou os olhos e suspirou fundo, aumentando novamente aquele seu objetivo de se tornar podre de rico. E falava de riqueza da maneira literal, não aquela baboseira de "A riqueza espiritual não tem valor.", "Dinheiro não compra felicidade." e tudo mais, mas ainda é melhor chorar em uma mansão do que debaixo de um cais ao lado de um mendigo.
Kristopher sempre se dirigia aos guias usando a língua nativa deles, existem coisas que se perdem muito fácilmente quando são traduzidas, além de que o sotaque no Teano Antigos deles o irritava.

Ver perfil do usuário

em Qua 07 Mar 2018, 12:18

O caminho era escaldante, mas com roupas leves e água fresca era possível amenizar isso, eles paravam perto de um poço para repor seus cantis e dar uma pausa para os camelos. Com a pergunta de Kristopher os 3 membros do al-Jamal olham entre si e um deles se prontificava a responder.

- Meu patrão, Djinns estão por toda parte, alguns deles maiores e outros menores. Essas rotas evitam de termos problemas no caminho. E no meio do deserto? Por que gostaria de ir lá? É só mais areia.

Em geral sua resposta era vaga, como se estivessem querendo mudar de assunto, mas a última resposta em específico parecia querer acobertar algo. Parecia que eles não queriam falar do que havia no meio do deserto.

Ver perfil do usuário

em Qui 08 Mar 2018, 09:14

Kristopher arqueou sua sobrancelha esquerda enquanto tentava esconder o sorriso que vinha junto de suas suspeitas devido a resposta vaga de um dos al-Jamal, começa a pensar em alguma maneira de se guiar e tem uma idéia que talvez não desse muito certo...

Ele não tinha um senso de direção perfeito como alguns marujos ou guias que já tinha visto em sua vida, mas sabia que o sol nascia no leste e se punha no oeste, e baseado nisso ele iria lentamente se direcionar para o leste dado que já sabia que os al-Jamal ficavam do lado esquerdo do deserto.
Para tentar distraí-los, iria então tentar convencê-los sem muita pressão a explicar o que poderia ter no meio do deserto.


- Eu estou apenas curioso, eu já ouvi e li sobre histórias que contavam sobre criaturas gigantes... - Fez uma curta pausa apenas para observar a reação dos seus guias - Tenho certeza de que vocês são inteligentes e devem saber se guiar com precisão por aqui, não tenho o que temer enquanto vocês forem meus companheiros.

Kristopher quase sentia uma ânsia ao dizer que aqueles homens eram inteligentes, ou pior, seus companheiros... rangeu os dentes e serrou o cenho para tentar surprir aquele "urgh" que vinha de seu estômago.

Notou que Edward estava estranhamente quieto, talvez tivesse desmaiado devido ao calor, afinal, Kristopher era do nordeste de Eisen, um dos locais mais frios do país e aquele calor era um pouco mais do que ele gostaria que fosse. Apenas para checar se o muskelmann ainda estava ali, olhou para trás, torcendo para que não o visse.
E suspirou quando viu o homem ali ainda...

Ver perfil do usuário

em Qui 08 Mar 2018, 14:15

"Será que no inferno é tão quente assim?"Pensava Edward enquanto tentava manter a consciência.

Enquanto lutava contra o calor, Edward conseguia escutar parte da conversa, de seu compatriota com os guias mas não conseguia entender nada já que estavam conversando no idioma local. Deu um cutucão com os pés na lateral do camelo para se aproximar do compatriota.

-Desculpe o incomodo, estava ali atras e escutei parte de sua conversa com eles mas não consegui entender, poderia me disser sobre oque conversaram?Afinal estamos em terras que podemos considerar hostis. Não sei você mas não fui muito com a cara desse pessoal, tenho a sensação de que podem estar armando algo.

Ver perfil do usuário

em Seg 12 Mar 2018, 09:48

Enquanto Edward conversava com Kristopher que nesse tempo instigava ainda mais os al-Jamal sobre o que havia no centro daquele deserto. Ao se posicionar mais ao leste dando uma leve afastada o grupo começava já a falar em um tom de voz elevado e assustado. - Meu senhor não faça isso, as estradas aqui na areia levam a todos os caminhos. Caminhar fora delas é uma morte certa, pois não há água nem nada além de areia.

Eles pediam para que Kristopher se mantivesse no grupo e não tentasse desviar o caminho. Além disso ao mencionar sobre criaturas gigantes no deserto, era perceptível a troca de olhares entre eles. - Porque gostariam disso? Esses estrangeiros... Conhecer as criaturas gigantes do deserto só traz morte e ruína.

Ver perfil do usuário

em Ter 13 Mar 2018, 13:07

Kristopher parou um pouco seu cavalo, fechou os olhos, suspirou fundo para tentar manter a calma e fez a volta para manter-se junto ao grupo. Aqueles três Picknicktuch Kopf estavam tirando-o do sério. Para melhorar ainda mais as coisas, Edward abria a boca e começava a falar, porém ele tinha o mesmo pensamento de Kristopher. Se aproximou e sussurrou para o Mr. Músculo.
- Eu estava tentando falar na língua deles para ganhar um pouco de confiança, perguntei sobre os gênios, mas parece que as rotas são "seguras", o oposto do que nós queremos. E de maneira nenhuma eles querem ir para o centro do deserto, e eu acho que o caminho é por lá. Parece que eles estão mais assustados do que querendo nos passar a perna.

Então se dirigiu aos três guias, e falando bem davagar para tentar manter a calma e não deixar transparecer o que estava sentindo por eles.

- Senhores, eu entendo a preocupação de vocês. Mas não viemos aqui apenas para observar ele belo e vasto - amontoado de areia de merda - deserto de vocês. Estamos aqui em busca de um local específico. - Fez uma curta pausa para respirar e destranca sua maleta - Bem... se me permitem...

Kristopher então abre sua mala, pega o diário e começa a repassar as passagens que havia lido antes.
Citação do Diário:
[...]caminhei dias e dias no deserto, achei que morreria sem água, mas encontrei um oásis. Acava que meus dias estariam contados, não sabia mais o que fazer se passasse mais um dia sem água, mas finalmente algo para beber e uma sombra para repousar[...]

[...]algo enorme surgiu das areias, aquele oasis tem um dono e eu irritei ele. Tentei fugir e acabei caindo em algum buraco feito por aquela criatura[...]

[...]Parece que minha sorte mudou para melhor, aquele buraco me levou para uma caverna ou algo assim, estou ansioso para ver até onde isso irá me levar[...]


[...]Encontrei talvez a minha maior descoberta, uma relíquia que eu nunca vi igual e todo esse tempo ela estava em[...]
Então mostra para os três a parte onde a folha estava rasgada. Havia informação faltando, mas tudo indicava que seria para algum lugar com muita areia e pouca água.
Com calma e parcimônia, coloca de volta o diário em sua mala e a tranca, então ele coloca seus pensamentos em ordem e procede em tentar convencer seus guias a seguirem o caminho que ele gostaria.


- Então, meus senhores... Eu peço por favor, com gentileza se poderiam nos levar ao lugar que está descrito nesse diário, mesmo que seja apenas uma suposição. Qualquer sinal de perigo extremo podemos voltar, afinal, eu ainda sou um médico. Eu posso cuidar de vocês caso adquiram algum ferimento, porém meu intuito ainda é salvar vidas, e que melhor maneira de salvá-las se não primeiramente a colocando em risco, não? - Kristopher segurava as rédeas com tal força por conta da raiva que as junções de suas falanges tomam a cor branca por falta de circulação - Creio eu que pelo nome Tesouro de Rashid vocês devam saber de algo, parecem muito sábios. Além do mais, minha sede de conhecimento é enorme, eu gostaria muito de ver e tomar anotações do local.

O médico então acena a cabeça para os malditos sfiha herstellers como se estivesse implorando por algo, apesar daquilo fazer ele sentir vontade de regurgitar, não tinha muita escolha. A menos que o Eisenbär ali saiba se guiar no deserto, seja encontrando comida ou sabendo para onde ir.



Panache (3) + Convencer (2) + Perícia Ímpar (1)



Última edição por The Medic em Ter 13 Mar 2018, 13:15, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

em Ter 13 Mar 2018, 13:07

O membro 'The Medic' realizou a seguinte ação: Rolar dados


'd10' : 9, 1, 2, 3, 10, 3

Ver perfil do usuário

em Qua 14 Mar 2018, 09:33

Ao mostrar as páginas do diário, todos eles ficam alvoroçados e pedem um momento para conversarem entre si. Após isso eles se voltam explicando sobre o local do diário. - Vejam, pelos relatos ele tem que ter encontrado um verme de areia. Uma espécie de minhoca gigante. Nossos caminhos evitam isso, mas se estiverem buscando uma em particular....

Outro interrompia o al-jamal que estava falando no momento e continuava por ele. - Existe uma que seu território é um Oásis. Chamamos de Oásis da Fonte dos Mil Desejos. Lá o maior monstro se encontra, caso queiram ir para lá poderemos viajar pela estrada até chegar o mais perto do Oásis, a partir daí indicaremos a direção e só precisarão ir reto até o Oásis.

Ver perfil do usuário

em Qua 14 Mar 2018, 15:52

Soltou a pressão sobre as rédeas de sua montaria enquanto abria um sorriso lateral que mostrava os dentes, seus olhos brilhavam como o sol que batia em suas cabeças. Toda aquela raiva que ele estava sentindo antes havia se tornado regozijo. Seu corpo vibrava e seu coração batia forte, finalmente aqueles nariz de tucano tinham dito algo que Kristopher ansiava por.

E com a voz animada, ele decide responder sem nem consultar seu companheiro riesiger.

- Sim, por favor!
Agradeceu aos três e pôs-se a seguí-los pelo novo percurso.

Abriu sua maleta, pegando seu caderno de anotações e seu lápis ele fecha sua maleta e apoia seu material sobre ela. Anotando sobre a existência de vermes de areia e um tal Oásis da Fonte dos Mil Desejos.
Mas mesmo enquanto escrevia, ele seguia fazendo perguntas sobre o deserto.


- Podem me descrever mais sobre esse verme de areia? Qualquer informação é vital.
E com pressa ele escrevia tudo o que os seus guias lhe diziam. Esperava uma possível pausa para perguntar também sobre o tal oásis.
- E como é esse oásis? É igual os outros? O nome vem de onde?
Tinha um sede por conhecimento enorme, talvez se um dia ele soubesse todos os segredos do mundo, poderia ter todas as riquezas do mundo!
- Ah sim, e sobre os djinns? Pode me dizer algo? Só sei dos contos.
Virava a página para ter espaço para as próximas informações que iria pedir, então prosseguiu com uma frase inicialmente arriscada para atrair um pouco mais a concentração deles para então terminar com uma pergunta segura.
- Não querendo duvidar de vocês, pelo contrário, eu sei que por mais que possam estar longe do oásis ainda estariam se arriscando saindo de sua rota mais comum. - Ganhou um pouco da atenção deles - Mas como poderemos saber se chegamos no oásis certo? Existe alguma característica específica? - Com uma pequena pausa ele pensa um pouco melhor - Além da óbvia presença de um verme de areia, eu digo.

Olhou para trás para ver se o muskelmann ainda estava ali. Estava muito quieto, talvez fosse o medo de atrair os vermes? Ou talvez seja só o calor. De qualquer maneira, agora realmente iria precisar dele se o verme realmente estiver por lá...

Ver perfil do usuário

em Qui 15 Mar 2018, 16:03

Ainda tentando se acostumar com o calor Edward apenas escutava a conversa do gehirnmann com os guias. Logo se aproximou novamente dele, após o termino da conversa.

-Conseguiu tirar alguma informação a mais deles? Mesmo conseguindo informações não foi meio imprudente mostrar o diário para eles, afinal eles podem tentar montar alguma emboscada, afinal eles conhecem muito bem esse deserto. -Disse em aiseniano e em um tom baixo de voz, para os guias não notarem sua desconfiança.

Se separando um pouco do gehirnmann Edward resolveu se aproximar um pouco dos guias.

-Com licença poderíamos parar no próximo poço ou oásis preciso reabastecer meu cantil, provavelmente ele também precisa, nós aisenianos crescemos cercado por neve e frio não estamos acostumados a este, se me permitem dizer e já me desculpando,calor infernal.

Ver perfil do usuário

em Sex 16 Mar 2018, 08:55

Os al-jamal checavam seus cantis e concordavam com Edward. - Tudo bem, seguindo pela estrada nós chegaremos num poço logo logo. - Dito e feito, após mais algum quilômetro eles chegam a um poço para poder retirar água, desmontar do camelo e esticar um pouco as pernas.

Mas o momento de paz logo se acaba com um dos al-jamal, o menor deles, gritar por "emboscada" e logo após ser cortado por uma adaga curva de alguém que se levantava debaixo da areia. Em seguida uma comoção se segue com os outros dois correndo para tentar acalmar os camelos e alcançá-los antes que se percam no deserto e eles percam seu meio de locomoção. Mas ambos gritavam a mesma coisa. - Badayah.

Os homens da areia, se levantavam ao redor do poço e onde estavam os camelos, cada uma carregando uma faca em suas mãos e cercando os oponentes. Edward e Kristopher estavam cercados pelos inimigos, assim como os al-jamal que no momento entravam em desespero, mas mesmo assim sacavam suas espadas.



Para esclarecer:

São 3 Grupos de Pelotão de Brutamontes cercando vocês.

Ver perfil do usuário

em Sex 16 Mar 2018, 15:16

Chegando no poço Edward desce de seu camelo e logo o menor dos guias gritando:

"Emboscada!"

Logo um grupo de aproximadamente 10 homens começaram a sair debaixo da areia e cercando Edward e o gehirnmann, Edward desembainhou sua zweihander e partiu em direção do grupo inimigo correndo.

-Vamos nessa Kristin sei que você estava esperando por isso! -Disse olhando para sua zweihander -Gehirnmann fique por perto isso vai terminar rápido!



Ação(ões):
1.Vou usar minha vantagem Entrar Na Briga pra eliminar 1 Grupos de Pelotão de Brutamontes.
Entrar na Briga:
Você deve possuir a Vantagem Brucutu para comprar essa Vantagem.
Quando você realiza um Risco de Armas usando uma claymore, zweihander, machado de batalha, alabarda ou arma similar nas duas mãos, você pode escolher não rolar dados no começo de uma Rodada. Se fizer isso, você elimina um único Esquadrão de Brutamontes não importando sua força.

2.Posso usar a formação Krieger? Já que o Kristopher teoricamente não luta logo pode ser considerado indefeso e os al-jamal não fizeram nada e parece que não vão se defender.
Krieger:
Você ganha um Ponto Heroico quando opta por lutar para defender os indefesos ou impedir a destruição.

Ver perfil do usuário

em Sab 17 Mar 2018, 10:04

- Muito obrigado!
Kristopher responde com uma certa sinceridade, mas finalmente poderia parar com aquela fachada por um tempo. Fingir ser daquele jeito o deixava enojado e exausto.
Edward se aproximava de Kristopher para falar algo, e o médico desacelereu o camelo apenas o suficiente para ficar perto do homem sem que os guias suspeitassem de qualquer coisa.

- Conseguiu tirar alguma informação a mais deles? Mesmo conseguindo informações não foi meio imprudente mostrar o diário para eles, afinal eles podem tentar montar alguma emboscada, afinal eles conhecem muito bem esse deserto.
Apenas sorri como resposta e acena para os pano de piquenique com o rosto e sussurra em aiseniano - Olha pra eles, talvez o máximo que saibam fazer é pita.

Depois de andar por mais um tempo, finalmente chegam em um poço para descansar. Afinal, depois de falar sobre o tesouro e insistir, eles acabaram caminhando um pouco mais que o normal.
Mas logo assim que se senta naquela areia fofa depois de tomar alguns goles de água, Kristopher sente o chão começar a se mover, mas não parecia as vibrações que tinha ouvido falar, e sim alguma coisa se movendo na parte rasa da areia.

Ele ouve um grito que logo foi interrompido.

- Emboscada
Pula então de dentro da areia um homem com uma adaga curva enquanto grita para tentar intimidar o homem ali sentado na areia.
Por causa do aviso, sua reação imediata é chutar o arenoso ali, que acaba caindo para dentro daquela fonte de água. Kristopher olha para o lado e já vê Edward se preparando para avançar contra a maior parte dos emboscadores, ele aproveita a "distração" do muskelmann e corre em direção ao guia caído e sangrando, deslizando na areia, ele puxa sua maleta e a abre, rapidamente pegando um pedaço de bandagem e enrolando entre o ombro as axilas para estancar temporáriamente o corte no seu peitoral que subia até o ombro.
Colocando de volta o rolo em sua mala, ele pega um frasco de comprimidos e vira na mão, colocando na boca do homem ali caído antes de colocar de volta e fechar.

- É amargo, mas morda ele e engula!

Se ajoelhando na areia, apoiando-se para levantar, Kristopher aponta para um dos guias de pé e aponta para o outro ali entre os inimgos. - Asif, fique junto de Yusef e ataquem em grupo, virem as costas apenas um para o outro!
Enquanto ele se levanta, ele segura a mala apenas para usá-la como escudo, era resistente mas pesada demais para usar como arma contra um grupo, iria rapidamente estudar os padrões de ataque e tentando lembrar de algum estilo de combate para se defender contra o mesmo. Ficava perto de Masoud para evitar que o atacassem novamente, estava debilitado demais para arriscar outro golpe.
Com uma mão ele segurava a alça e com a outra ficava de apoio para evitar ela de balançar. Gritou para Edward, quase como se estivesse gostando daquilo
- Lide com os maiores! Cuido de suas feridas quando acabar com isso!

Na verdade, Kristopher estava sim gostando daquilo. O sangue manchando a areia, o som do impacto das armas, o peso vidas em risco... Seus níveis de endorfina disparavam, enquanto os outros três caíam. Aumentando sua resistência à dor e diminuindo seu senso de humanidade. Cuidar dos outros era algo inconsciente depois de tanto estudar, mas nada o impedia de lutar contra eles.
Seu coração acelerava, seus braços tremiam e cerrava o cenho enquanto seus olhos brilhavam e ele mostrava um sorriso maníaco com os dentes à mostra.




Primeiros socorros e evitar que um dos guias sangre até a morte, ele pode ficar desacordado e cuido melhor depois do combate se necessário.
Se sobrar alguma aposta, quero usar para me defender.
Argúcia (3) + Erudição (3) + Universidade (+1 para todos os resultados)
- Atualização: Posso re-rolar o 3 por ter Erudição 3?



Última edição por The Medic em Sab 17 Mar 2018, 10:06, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário

em Sab 17 Mar 2018, 10:04

O membro 'The Medic' realizou a seguinte ação: Rolar dados


'd10' : 4, 7, 3, 8, 10, 5

Ver perfil do usuário

em Ter 20 Mar 2018, 09:07

Edward, você ganhou um ponto Heroico.

Edward: 0 Apostas
Kristopher: 4 Apostas

Pelotão 1: 5 Apostas
Pelotão 2: 5 Apostas



O ataque pelos Badayah começavam e Edward ia com tudo para cima com sua espada que segurava com as duas mãos. Enquanto isso Kristopher começava a estabilizar aquele que havia caído no chão com os equipamentos de sua bolsa médica. (-1 Aposta) Enquanto dava ordem para que os outros dois al-Jamal, Asif e Yusef, ficassem juntos e em volta para que não fossem cercados. (-2 Apostas)

Enquanto isso, em volta, Edward já havia derrubado um ou outro soldado com sua espada e ele continuava seu ataque, um giro da espada, uma ombrada para desequilibrar o alvo, um ataque que vinha de baixo para cima e em pouco tempo um grupo todo era dizimado. Mas isso não era o suficiente para impedir que os Badayah recuassem, suas caras pintadas, roupas leves e adagas estavam prontas para atacar.

A investida deles é primariamente feita em torno de Edward, talvez por presumirem que ele poderia ter se cansado ao derrotar um grupo inteiro, ou que ele fosse a ameaça mais perigosa no momento. Eles tentavam isolá-lo do grupo e atacar seguidamente um do outro, esses golpes eram fracos, mas estavam começando a acumular ferimentos em Edward até que por um descuido um deles conseguia perfurar com precisão, causando mais dor do que os outros ataques. Os dois al-Jamal ainda trêmulos também eram foco de um ataque ou outro e com certo esforço eles se defendiam, mas não parecia ser o suficiente, pois logo após Asif caia com um corte em sua perna deixando Yusef sozinho para se defender. Um outro ataque havia passado por Yusef, mas desse Kristopher havia conseguido se defender mesmo no chão e evitava qualquer problema. A batalha estava só começando e seus gritos e provocações enquanto atacavam eram irritantes.




Edward e Kristopher: 0 Apostas
Podem rolar novamente.

Edward recebeu: 7 Ferimentos (6 Ferimentos e 1 Ferida Dramática)

Ver perfil do usuário

em Seg 26 Mar 2018, 14:15

Depois de estabilizar o ferido, Kristopher olha para o lado e vê Asif caindo com um corte na perna que não parecia letal, mas não poderia deixá-lo sangrando por muito tempo de qualquer maneira.
Enquanto do outro lado, Edward atraía a atenção da maioria dos inimigos, mas parecia paralisado, depois de girar sua espada e lidar com boa parte deles, ele parou naquele ponto e ficou.

Pressionou as têmporas como se estivesse tentando fazer sua dor de cabeça diminuir e suspirou fundo. Pensava no que podia fazer naquela situação, e apenas uma solução vinha em sua mente.


- Yusef!
Dobra uma de suas pernas para usar de apoio para a maleta, abrindo ela, ele rapidamente pega um dos frascos de analgésico e atira dois deles em direção ao guia que permanecia de pé. Mesmo sem antes ver se o guia tinha pêgo, ele já guarda o frasco e tranca sua maleta novamente e corre em direção ao mais próximo dos emboscadores.
- Analgésico, faça Asif tomar!

Colocando um passo a frente, com a maleta à sua direita, ele gira a outra perna enquanto rotaciona o corpo junto, usando um movimento de alavanca com o corpo inteiro e transformando sua maleta de aço em uma marreta improvisada e usando todo o momentum e velocidade para transformar em energia cinética e descarregar toda ela no rosto daquele ficken sandig e já se preparar para o provável golpe que viria em sua direção colocando a maleta entre ele e seu atacante.



Vou para o pelotão mais próximo.
Finesse (2) + Briga (1) + Perícia Ímpar (1)

Ver perfil do usuário

em Seg 26 Mar 2018, 14:15

O membro 'The Medic' realizou a seguinte ação: Rolar dados


'd10' : 5, 10, 10, 5

Ver perfil do usuário

em Seg 26 Mar 2018, 15:24

Mesmo com seus esforços para eliminar um grupo de inimigos ainda haviam muitos e estavam cercando Edward mesmo com a combinação de ataques brutais e aparos em um deslize Edward foi atingido em seu abdômen.

"Merda!Mesmo prestando atenção fui atingido, desde quando fiquei tão fraco.
Enquanto Edward se repudiava em seus próprios pensamentos notou que mais inimigos se aproximavam.

Não posso perder tempo com esses pensamentos agora, sou o único combatente do nosso lado tenho que eliminar esses lixos rapida-Enquanto pensava e corria em direção a outro grupo de inimigos Edward notou gehirnmann correndo em direção ao outro grupo que estava a sua frente.

-TOLO EU DISSE PARA DEIXAR ESSES STÜCKE VON MÜLL COMIGO FOQUE EM DEFENDER OS FERIDOS! -Gritou Edward indignado com a decisão do gehirnmann



Ação(ões)
1.Vou usar a vantagem Entrar na Briga novamente.
2.Se puder vou usar o Bônus de Estilo:Posições de Drexel para Posição de Bittner (Guarda Avançada).
Spoiler:
As Manobras que anulam Ferimentos vão anular Ferimentos adicionais em quantidade igual à sua Determinação, mas você não poderá executar a Manobra Cutilada, embora ainda possa usar Apostas em sua Ação para infligir Ferimentos, como faria um não duelista.
3.E se puder vou usar a Manobra Parada enquanto estiver atacando um grupo de brutamontes para anular o dano.(Caso eu possa usar meu Grau de Armas:3 e se estiver usando Posição de Bittner minha Determinação:3)
Manobra Parada:
A arte de interpor uma arma entre você e o perigo. Execute uma Parada com o intuito de anular Ferimentos em quantidade igual a seu Grau de Armas. Você só pode ativar a Parada em sua Ação, logo após a Manobra que provocou os Ferimentos.
4.Caso dar tempo vou usar a Virtude da minha Arcana para defender o Kristopher.
Arcano:
Virtude:
Acione sua Virtude quando uma outra Heroína sofrer Ferimentos para impedir que esses Ferimentos sejam aplicados. Você sofre um Ferimento Dramático no lugar dela.

Ver perfil do usuário

em Ter 27 Mar 2018, 08:17

[OFF]
@GN0G ao usar entrar na briga você não rola apostas pra acabar com um pelotão inteiro. Por causa disso as Manobras de Duelistas e estilos não conseguirão ser usados, pois precisam de 1 Aposta pra cada uma delas e você não tem nenhuma.

Kristopher: 3 Apostas



Edward estava indignado, mas mesmo assim não tirava os olhos da luta. Ele se movia para o grupo seguinte que havia acertado mais ele e começava a levantar sua espada, seu manejo era excelente ele derrubava um, dois, três. Trocava de base quando necessário para dificultar ao oponente e assim que terminava, havia derrotado mais um grupo.

O outro grupo estava mais disperso, com alguns atacando Yusef e Asif caído. O al-Jamal obedecia o que o médico falava e dava o que avia no frasco para que Asif pudesse beber, enquanto isso três dos inimigos próximos que estavam prontos para atacar eram derrubados com um golpe giratório da maleta do médico. Gritos guturais dos oponentes e algumas palavras que não eram de nenhum tipo de idioma eram emitidos pelos guerreiros inimigos e logo em seguida eles começam a bater em retirado. De seu grupo enorme, reduzido a apenas 7 pessoas eles estavam batendo em retirada. Será que reagrupariam e voltariam alguma hora?

Ver perfil do usuário

em Qui 29 Mar 2018, 12:01

- Então não fique catatônico!
Gritou o médico ao sentir mais uma pancada na maleta que usava de escudo, porém passados alguns segundos, não havia mais impacto algum. Abaixou a maleta com cuidado e viu os restante dos emboscadores correndo para longe, não sabia se era para se reagrupar ou bater em retirada.

Após o caos acalmar-se, ele vai em direção Asif e vê o estado em que está sua perna. Não parece tão sério quanto o corte em Masoud, mas ainda assim começa a cuidar de seus ferimentos.
Passando algodão molhado em álcool para evitar infecções, então passa um pouco da pomada e enrola em bandagens. Se levantava rapidamente e seguia em direção à Masoud, que ainda deitado respirava com dificuldade, mas parecia estável.

Kristopher pega suas luvas e as coloca, separando um alicate, uma tesoura, o bisturi, o fórceps, uma agulha, pomada anestésica, bandagens, linha de sutura, frasco de álcool e caixa de algodão. Com cuidado, o médico começa a cortar a bandagem temporária que tinha colocado antes para estancar o sangue e checa melhor a situação do corte, pedia o cantil de Yusef e jogava um pouco de água para limpar a ferida antes de passar o algodão com álcool. Pedia para que Masoud aguentasse mais um pouco enquanto começava a passar a pomada na ferida para anestesiar o local antes de fazer as incisões necessárias para poder prosseguir.
Com cuidado e precisão, Kristopher fazia pequenas incisões nas laterais da ferida em pontos que ajudassem a cicatrizar. Agora seria importante que ele não se mexesse, pedia para que Yusef segurasse o braço de Masoud na posição em que estava e que não podia se mover, e que Edward deveria segurar o centro do tórax, fazendo pressão mas sem tensionar a pele. Então, com o fórceps segurando a pele dos dois lados, Kristopher passa a agulha junto da linha, fazendo uma sutura interrompida na área do peito e mudando para a sutura horizontal quando mais próximo do ombro. Terminando sua pequena operação e cobrindo a sutura com bandagens e depois o colocando sentado para fazer uma tipóia improvisada, lavou as luvas com um pouco de água para guardar elas e deu outro comprimido de analgésico para Masoud junto com o restante de água do cantil de Yusef e pediu para que evitasse mover seu braço direito.


- Você é o próximo.
Apontou para Edward e pediu para que se aproximasse.
- Espero que não tenha medo de agulhas.

Repetiu o mesmo procedimento nas costas de Edward que havia feito em Masoud mais cedo, porém com a ocasional puxada extra e o falso "esqueci do anestésico, perdão" para que pudesse se divertir um pouco. Mas os pontos nas costas seriam todas suturas horizontais.
Cobriu de bandagens, até pensou em pedir para que ele não movesse muito os braços, mas deixou pra lá, já que esse era o tabalho de Edward ali.

Terminando, ele limpou seus utensílios com um pouco de álcool e água e os guardou, jogando fora as duas agulhas, algodões e bandagens.
Olhou para sua maleta enquanto guardava as coisas e suspirou:
Meu rolo já está na metade, esses inkonsequents...
Trancando ela de volta, ele bate as mãos em suas roupas para tirar a areia e se põe de pé, com um sorriso levemente orgulhoso.
- Eu falei que iria cuidar de vocês caso precisasse, não foi? - Pausou um pouco - Bem... Suponho que não deva faltar muito para chegar no local específicado.

Kristopher sobe em sua montaria depois de descansar um pouco.
- Asif e Edward, vocês ainda devem ser capazes de se proteger. Masoud, não faça nada imprudente, sua ferida foi a mais séria daqui. Yusef... Lidere o caminho.



Vou gastar um ponto heróico para cuidar das feridas de Edward.
Operador de Milagres:
Talvez tenha sido o estudo junto à Igreja ou a um xamã de sua aldeia, mas você entende de ferimentos e sabe lidar com eles. Use um Ponto Heroico e 1 Aposta ao realizar sua Ação para tratar uma outra Heroína: ela vai se recuperar de 1 Ferimento Dramático. Você precisa ser capaz de tocar a Heroína que está tratando.

Ver perfil do usuário

em Qui 29 Mar 2018, 16:13

Enquanto matava o ultimo inimigo restante dos que o cercavam Edward viu um bando de aproximadamente sete recuando e batendo em retirada.

"Pelo menos teremos um tempo para respirar, preciso ir ver como os outros estão." Pensava Edward enquanto chutava alguns corpos e cutucava outros com Kristin para verificar se algum ainda estava vivo. Enquanto se aproximava de seu seu grupo viu gehirnmanncuidando do ferimento dos outros.

TheMedic escreveu:- Você é o próximo.
Apontou para Edward e pediu para que se aproximasse.
- Espero que não tenha medo de agulhas.

-Unica coisa que me da medo nesse mundo é a srta. Miia brava.-Disse Ed dando uma risada discreta e lembrando de sua ultima estadia em Eisen. -Alias me desculpe por ter que fazer você ter ido lutar, acabei me distraindo pelo fato de ter sido atingido, quando ainda era soldado só fui atingido uma ve-- -Uma fisgada interrompia Ed, pelo que parecia o médico esqueceu a anestesia de proposito, pois Edward notou um sorriso na cara do gehirnmann.

Após algum tempo de descanso, antes de todos se levantarem pra seguir viagem, Ed foi em direção aos corpos afim de encontrar algo de valor ou alguma pista.Depois de alguns minutos pilhando guardou o que achou em uma bolsa de couro roubada dos corpos, viu que o grupo já começava a se levantar e voltou para eles

TheMedic escreveu:- Asif e Edward, vocês ainda devem ser capazes de se proteger. Masoud, não faça nada imprudente, sua ferida foi a mais séria daqui. Yusef... Lidere o caminho.

-Pode deixar próxima vez não vou deixar nenhum passar por mim, alias não posso mais me dar esse luxo já á que estamos com um membro incapacitado.

Ver perfil do usuário

em Sab 31 Mar 2018, 16:12

[OFF] @gn0g você recuperou todos seus ferimentos e 1 ferida dramática pelo efeito de: Operador de Milagres.




Após tudo isso Kristopher realiza as ações necessárias para que os al-Jamal e Edward se recuperassem o suficiente para seguir viagem. Com um assovio específico Asif chamava os camelos que haviam corrido da batalha. Com certa rapidez eles retornam para que a viagem prosseguisse. - Veja, essa viagem já está pior do que eu pensava, não entendo por que a princesa quer tanto que realizemos as vontades de estrangeiros - Era o que Yusef dizia em seu idioma para os outros dois.

O caminho se prosseguia e após mais um dia de viagem eles param no meio do caminho. - É aqui, não iremos sair do caminho, mas não será difícil de chegar ao oásis. Vocês só precisam ir reto e se manter nessa direção - Dizia Asif enquanto apontava para o caminho fora da estrada. - Se continuarem assim chegarão lá em talvez 1 hora.

Ver perfil do usuário

em Seg 16 Abr 2018, 16:13

- É aqui, não iremos sair do caminho, mas não será difícil de chegar ao oásis. Vocês só precisam ir reto e se manter nessa direção - Dizia Asif enquanto apontava para o caminho fora da estrada. - Se continuarem assim chegarão lá em talvez 1 hora.

-Senhores não teriam uma bussola para me emprestar?Acabei esquecendo a minha em Eisen, ouvi histórias de que é muito fácil se perder nesses desertos mesmo andando em linha reta, já que quase não possuem pontos de referencias. - Disse Edward ignorando qualquer ação que o gehirnmann esteja tramando.

Ver perfil do usuário

em Qua 02 Maio 2018, 09:45

Os al-Jamal olham entre si e um deles entrega para Edward uma bússola, notava-se nela que fora esculpida com símbolos Katabicos e o emblema da tribo. - Pode ficar, normalmente nos guiamos no deserto sem ela, apenas em caso de emergência ou se nos perdemos que a usamos. - Dizia Yousef.

Asif se aproximava do aiseniano e indicava na bússola a direção. - Não há como se perder, siga esse ponteiro e volte pelo oposto que chegarão na estrada novamente. A partir daí só siga a estrada que você chegará em alguma tribo. Desejo a vocês boa sorte. Espero vê-los novamente.

Todos os tribais se despediam e seguiam caminho deixando os dois estrangeiros agora livre. O caminho que eles seguiam da bússola era, talvez por não crescer ali, a mesma coisa que viajar na estrada. Areia por todos os lados, até que após algumas horas no calor, eles avistam um oásis.

O oásis ao longe era algo belo de se ver, parecia grande e notava-se grama crescendo a sua volta além de palmeiras que faziam sombra para se esconder do sol, mas antes que pudessem se aproximar mais, o chão tremia e dele saia um enorme verme de areia, não que para eles teria alguma comparação, mas esse verme em específico era maior que muitos outros que habitavam o deserto, não o maior, chegava a ser gritante a diferença com os vermes de areia.




O verme irá ataca-los em sua ação. Lutem, fujam, decidam e podem rolar os dados.

Ver perfil do usuário
#26Conteúdo patrocinado 


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Por favor, faça o login para responder

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

 
Parceiros
 | Banner PRNR | Naruto Dimension |  | Gray Island |  |  |  |  |  |  |  |  |  | Bulba RPG |  | :: Topsites Zonkos - [Zks] :: |