Seven Seas

Seven Seas RPG, uma Terra em um universo paralelo no século XVII, a era de ouro da pirataria. Aventuras de capa e espada, batalhas navais e um mundo inteiro pra descobrir e explorar o aguardam.

Procurados
Procurados Seven Seas

Staff Online
Discord

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ir à página : Anterior  1, 2

Por favor, faça o login para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

em Ter 13 Fev 2018, 13:18

Enquanto pegava a corda olhou para o rapaz e disse em voz baixa e em tom sereno:
- Olha só quanta gentileza- enquanto dizia mostrou um sorriso meio maldoso, meio ansioso e rapidamente completou: eu adoraria sim obrigado.
Ao contrário do que indicara a serenidade da voz de eponine e a aparente confiança do sorriso em sua face sua mente estava extremamente conturbada, no final de contas era aquilo. Os próximos minutos iriam perseguir a ela pelo restante de sua vida ou teria sucesso e conseguiria ajudar o povo ou... Bem preferia não pensar nessa possibilidade.
A moça não perdera tempo e durante o seu curto pensamento pegou mirou bem e tratou de jogar e enganxar a corda no topo do banco da melhor maneira o possível, ao passo que ao sentir que havia encaixado apoiou o seu pé por sobre a parede e enquanto segurava a corda e silenciosamente começava a subir disse:

-vamos?

Ver perfil do usuário

em Qua 14 Fev 2018, 16:15

— Primeiro as damas. O homem fez uma pequena reverência quase irônica e se pôs e subir logo atrás de Eponine, escalava com maestria e destreza.

No topo, o homem puxou a corda e guardou o gancho em seu casaco novamente e pediu para que ela ficasse abaixada como ele para evitar de serem vistos. Ali de cima, ela vi uma baixa parede para efeitos de construção, um ou dois ninhos de pássaros e boa parte do mar. Enquanto lentamente ambos se dirigiam até a entrada para o teto, foi possível notar que tira uma tampa jogada do lado e que aquela entrada servia como tanto para iluminação quanto para passagem de ar, seria só puxar a tampa pro lado que fecharia a passagem. Chegando mais perto, começaram a ouvir barulhos de passos e uma conversa bem baixa, seria necessário focar um pouco de sua audição nela para ouvir melhor.

O homem abre seu caderno, folheia algumas páginas e começa a rabiscar, sussurando
— A troca de turnos deve começar em aproximadamente três minutos, nós teremos cerca de trinta segundos livres e mais dois minutos de espreita, após isso é necessário muito mais cuidado do que tivemos até agora. — Em uma das folhas parecia ter a planta do banco desenhada rudemente, e por cima ele colocava todas as possíveis rotas e localizações do armazem de ouro.

Ver perfil do usuário

em Qui 15 Fev 2018, 18:08

A moça abaixou-se quase que imediatamente quando o homem lhe pediu para que o fizesse. Enquanto caminhava pode notar alguns ruídos do que parecia ser uma conversa ao percebe-los discretamente aproximou seus ouvidos do que lhe parecia ser a fonte do som e se pôs atentamente a ouvir o que diziam.
Ficou tão focada em tentar ouvir o que conversavam que mal ouvira os comentários do homem, porém com o que havia ouvido respondeu sussurrando :

-Creio que precisaremos do maior foco o possível, bem ao menos já essa tampa não deve ser difícil de retirar para que possamos entrar.
Disse enquanto fazia um rápido movimento com as mãos apontando para a tampa que lhe parecia ser fácil de retirar.

Ver perfil do usuário

em Sex 16 Fev 2018, 19:59

Ele começa a puxar a tampa de vidro pro lado e prende o gancho na borda do buraco enquanto a outra mão segura a corda enrolada, olhando para dentro é possível notar dois dois guardas descendo pelo corredor e virando a esquina enquanto as vozes deles lentamente diminuem de altura, seguidos de um bater no que parece ser uma porta de madeira e mais um pouco de conversa indistinguível.

De olhos fechados, colocou a mão no peito e sussurrou algumas palavras para si mesmo, suspirando logo em seguida e abrindo os olhos, virando o rosto para sua direção — É agora, depois de mim — Largou a corda e deslizou por ela, tocando no chão sem fazer barulho. Olhou para você e fez um sinal de "venha" com a mão.

O homem estava ali em baixo, com suas vestes marrom escuro e iluminado pela pouca luz que entrava do teto ali e por uma lamparina que estava acesa mais para o meio do corredor. Esse seria o último momento para Eponine escolher.

Ver perfil do usuário

em Sex 16 Fev 2018, 22:39

Eponine observou ansiosa enquanto o seu cúmplice retirava a tampa de vidro, achara interessante a situação em que se encotrara, pela primeira vez ela não estava trabalhando sozinha e aquela situação ao menos lhe dava um pouco de interesse.

Após o homem terminar de descer completamente e lhe convidar, Eponine sentiu que não havia outra escolha a não ser descer, toda a dúvida por que passara durante todo aquele dia simplesmente sumira de sua cabeça, afinal de contas elas não pensava em fazer aquilo por ela mas sim por seu povo.
A jovem então desceu rápida porém silenciosamente pela corda e encontrou -se motivada em meio ao corredor iluminado pela luz que entrava no teto.

Ver perfil do usuário

Ontem à(s) 10:17

Quando a mulher termina de descer, o homem pega a corda e faz um movimento de chicote, fazendo o gancho se soltar e o trazendo para a mão dele antes que pudesse cair no chão.
Eponine olha a sua frente e vê um corredor com aparentemente quatro portas, e pendurado no meio do corredor uma lamparina com uma chama fraca e trêmula que fazia as sombras dançarem de uma maneira morosa e cansada. Mas o mais importante era provavelmente a grade no fim do corredor, grandes barras de aço que iam de parede a parede e do chão ao teto, com uma porta no preciso meio. Era dificil distinguir, mas ali parecia ter um buraco onde deveriam ter escadas, a menos que sua visão estivesse lhe enganando, definitivamente levava para o sub-solo onde ficavam todas as riquezas.


— Finalmente... — Ele sorri olhando para as barras de aço e relaxa um pouco os ombros, depois se virando para você — Obviamente está trancada, e a chave deve estar em uma das salas, que provavelmente também estão trancadas, mas tenho certeza de que é mais fácil de abrir as fechaduras das laterias do que da central — Puxando do bolso, ele lhe entrega um pedaço de madeira do tamanho de um lápis — Por acaso teria um grampo para usar junto? Só tenho o meu, mas se precisar dele eu me viro sem — Coloca a mão na lateral do cabelo e puxa um grampo — Bem... escolha as duas salas que quer investigar.



A partir de agora, sempre que você se mover vou pedir para que role um "Esconder-se". E se quiser abrir alguma fechadura, é "Furto"

Ver perfil do usuário

Hoje à(s) 20:25

Enxergara mal o corredor devido ao fato de ter apenas uma trêmula luz neste, ao que parecia deveria ter uma grade e quatro portas suspeita essa que aparentemente foi confirmada após ouvir as palavras homem, Eponine o olhou determinada enquanto pegava o pedaço de madeira que lhe fora entregue pelo homem.
Após isso ouviu a pergunta do homem e colocou uma das mãos no bolso retirando um grampo de cabelo e disse em tom baixo:


-creio que não vou precisar obrigado, bem eu gosto de numeros impares então fico com a primeira e terceira portas.

Disse a moça enquanto se encaminhava a primeira porta

Off:Argúcia(3)+Esconder-se(1)

Ver perfil do usuário

Hoje à(s) 20:25

O membro 'Char_Chair' realizou a seguinte ação: Rolar dados


'd10' : 6, 3, 8, 2

Ver perfil do usuário
#34Conteúdo patrocinado 


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Por favor, faça o login para responder

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

 
Parceiros
 | Banner PRNR | Naruto Dimension |  | Gray Island |  |  |  |  |  |  |  |